Benedickt BAUR, A vida espiritual, São Paulo: Quadrante, 2004

Benedickt Baur, A vida espiritual, Tradução de Domingos Marques, São Paulo: Quadrante, 2004, 180 pg.

Livro excelente sobre a vida interior de um filho de Deus, tendo em conta o organismo e, portanto, dinamicidade da espiritualidade de maneira bastante completa e fácil de ser entendida pelo grande público. O autor nos fala coisas preciosas sobre o plano de Deus, a santidade de vida, a purificação do coração, o pecado, a luta contra o Diabo, a prática da virtude cristã, as imperfeições e a mundanidade, a humildade e a oração, a Santa Missa e união com Deus.

“E quem pode negar que as mortificação, a assiduidade na oração, a fidelidade à regra, sejam coisas muito santas, sem as quais não pode haver perfeição cristã? Mas não constituem a perfeição. Não há, porventura, muitas almas, sumamente mortificadas, dadas à oração e fiéis ao seu plano espiritual, que são duras nas suas apreciações, soberbas e presunçosas, teimosas e absolutamente apegadas à sua razão, prontas a criticar, dominadoras, pouco caritativas nos pensamentos e nas palavras, susceptíveis, ciumentas, irritáveis, caprichosas e sem o menor domínio sobre si mesmas? Porventura são perfeitas? Somos perfeitos na medida em que amamos” (A vida espiritual, pg. 34).

Posted in Livros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Campo obrigatório