Michael White, J. R. R. Tolkien, o senhor da fantasia

Michael White, J. R. R. Tolkien, o senhor da fantasia. Tradução de Bruno Dorigatti. Rio de Janeiro, Darkside, 275 pg.

Acabo de ler um biografia do mais famoso literata do século XX, John Ronald Reuel Tolkien (1892-1973) . Filho de Mabel e Artur, nascido em Bloemfontein, na África do Sul, porque seus pais ingleses foram fazer fortuna naquele País africano. Quando John Ronald Reuel Tolkien tem cinco anos de idade retorna à Inglaterra, passando a  morar em Sarehole. Em 1900 sua mãe, Mabel, de protestante torna-se católica e, quatro anos mais tarde, em 1904, morre de diabetes. Os irmãos, Tolkien e Hilary, ficam sob a tutoria do Pe. Francis Morgan (+1935). Tolkien será sempre um católico devoto.

A vida de Tolkien e de seu irmão Hilary, torna-se uma aventura após a morte de sua mãe. Não sem sofrimento, Tolkien consegue formar-se e casar-se com Edith Brattt, com a qual terá quatro filhos (John, Michael, Christopher e Priscila). Christopher será o herdeiro literário do pai. Em 1925, Tolkien foi nomeado professor de Inglês Antigo na Universidade de Oxford, ano no qual torna-se amigo de C. S. Lewis. Em 1930, Tolkien começou a escrever “O hobbit”, o qual será publicado somente em 1937; neste mesmo ano começa a escrever “O senhor dos anéis”, que será publicado apenas em 1954, que, em 1966, já será um best-seller internacional. Em 1945, Tolkien foi nomeado professor titular de Língua e Literatura Inglesas na Universidade de Oxford (faculdade Merton). Tolkien, após inúmeros reconhecimentos, morreu em 1973.

A saber, a Tolkien Society organizou, em 2003, no mesmo ano do lançamento dos filmes “O senhor dos Anéis”, o “Tolkien Reading Day”, o dia para ler Tolkien, a 25 de março. Pessoalmente, já li o “O hobbit” e “O senhor dos Anéis” e os indico a todos os que lerem este post.

Posted in Livros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

* Campo obrigatório